Book Now!
Sobrevoo - Praias

copacabana

Sobrevoo – Praias

A cidade ocupa a margem ocidental da baía de Guanabara e as ilhas (como Governador e Paquetá), e desenvolveu-se sobre estreitas planícies aluviais comprimidas entre montanhas e morros.[livro 2] Está assentada sobre três grandes maciços:[livro 2] Pedra Branca,[38] Gericinó e o da Tijuca,[39] com picos de interesse turístico como o Bico do Papagaio, Andaraí, Pedra da Gávea,[40] Corcovado, o Dois Irmãos e o Pão de Açúcar.[41]

Seu litoral tem 197 quilômetros de extensão e inclui mais de cem ilhas que ocupam 37 km², e desdobra-se em três partes, voltadas à baía de Sepetiba, ao oceano Atlântico e à baía de Guanabara. O litoral da baía de Sepetiba tem como único acidente geográfico de expressão a Restinga da Marambaia e é arenoso, baixo e pouco recortado. O litoral da baía de Guanabara é recortado, baixo, abarca muitas ilhas (como a do Governador com de 29 km²) e, em suas margens, situam-se o centro comercial e os subúrbios industriais.

O litoral Atlântico expressa alternâncias consideráveis, apresentando-se ora alto, quando em contato com as ramificações costeiras dos maciços da Pedra Branca e da Tijuca, ora baixo, trecho pelo qual se estendem as praias integradas à paisagem urbana. Diversas lagoas, como as da Tijuca, Marapendi, Jacarepaguá e Rodrigo de Freitas formaram-se nas baixadas, muitas de terreno pantanoso a ainda não completamente drenado.[livro 2]

O clima do Rio de Janeiro é o tropical atlântico, com variações locais, devido às diferenças de altitude, vegetação e proximidade do oceano.[42] Por se tratar de uma cidade litorânea, o efeito da maritimidade é perceptível, traduzindo-se em amplitudes térmicas relativamente baixas. Os verões são quentes e úmidos e ocasionalmente com temporais.[43] Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), desde 1961 a temperatura mínima absoluta registrada no Rio de Janeiro foi de 3,8 °C em 2 de julho de 1974 na estação meteorológica de Jacarepaguá (desativada em 1977),[44] e a maior atingiu 43,2 °C na estação do bairro Santa Cruz.[45] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 327,2 mm em 12 de março de 1998, no Alto da Boa Vista